INDONÉSIA: Ilha de Komodo vai ser fechada

0

Medida que vai vigorar durante 2020 visa proteger os dragões. Os turistas não vão poder visitar o local, a partir de janeiro

O território indonésio vai banir todas as visitas na ilha de Komodo, uma medida que visa proteger os dragões-de-Komodo, que se tornaram também uma grande atração turística. A partir de janeiro, as visitas ficam suspensas, inicialmente apenas durante 2020.

Na origem da decisão, o facto de humanos estarem a traficar a espécie, em vias de extinção e protegidas, como os dragões, sendo que estes só existem em ambiente selvagem na Indonésia oriental.

A polícia recuperou 41 lagartos, que podem valer no mercado negro mais de 31 mil euros cada um, relatou a Agência Reuters.

Os animais teriam como destino a utilização em medicinas tradicionais.

Inicialmente, a proibição de visitas será apenas à ilha de Komodo e não ao Parque Nacional Homónimo – a ilha originária do dragão é uma das três grandes ilhas do Parque.

- PUBLICIDADES -