A propósito dos desvaneios da Presidente do Paicv na sua visita a São Miguel

1
708

Estou a tentar perceber como é que a líder do Paicv conseguiu chegar a Aguadinha.
Deve ter feito o percurso Barragem de Flamengos a Cutelo Gomes e seguir a Aguadinha.

Mas como é possível ter passado pela estrada da Barragem de Flamengos a Cutelo Gomes e não ter sentido a diferença? Não, não sentiu a diferença porque enquanto ministra nunca visitou essas localidades. Mas devia ao menos perguntar aos camaradas que a acompanhavam quem teve a feliz iniciativa de construir essa estrada. Ali eles responderiam: foi construída, a menos de um ano, pela Câmara Municipal de São Miguel em parceria com o Governo de Cabo Verde.

Ou então deve ter feito o percurso via Pilão Cão e aproveitado para visitar as obras de reabilitação da Escola Vasco Firmino, a Unidade Sanitária de Base totalmente reabilitada, equipada e em pleno funcionamento, o reservatório de distribuição de água, construído e inaugurado no âmbito do projeto de extensão e melhoria do sistema de abastecimento de água de Pilão Cão, Mato Correia e Espinho Branco, financiado pelos Governos de Cabo Verde e dos EUA, através do Millennium Challenge Corporation.

Seguiu-se pela Ribeira de São Miguel e visitou a Delegação Municipal, Jardim Infantil e a Escola de Cutelo Gomes totalmente reabilitados e equipados pela Câmara Municipal em parceria com o Governo de Cabo Verde. Mas certeza fez uma pausa para conversar com a população local e ouvir que beneficiaram da construção de 176 casas de banho e que todos os alunos beneficiam de transporte escolar. Com certeza a Senhora Presidente de Paicv sabe que São Miguel é um dos concelhos com melhor cobertura de transporte escolar, tendo neste momento, 4 autocarros ao serviço dos alunos nas diferentes localidades do município.

Saindo de Cutelo Gomes para Aguadinha, desta vez foi impossível não bater de frente com a estrada que liga Cutelo Gomes a Flamengos, porém não vislumbrou a abertura de acesso a Mondo Buá e tão pouco as obras de eletrificação de todas essas localidades incluindo Aguadinha.

E obviamente que em Aguadinha conversou com os moradores, sobretudo as mulheres, sobre o projeto de aproveitamento dos recursos naturais e sua valorização e integração no setor do agronegócio, levado a cabo pela Associação para o Desenvolvimento Comunitário de Aguadinha, com a parceria do Governo de Cabo Verde e a Câmara Municipal de São Miguel, financiado no âmbito do programa das Nações Unidas GEF – SGP – programa de pequenas subvenções, no valor de 30 mil dólares, que permitiu a criação de 77 postos de trabalho, sendo que 46 são mulheres chefes de família.

Senhora Janira, para não ter reparado todas essas obras, só pode ter chegado a Aguadinha nos helicópteros prometidos pelo seu governo de Paicv quando a senhora era ministra. E não deve ter tipo tempo para visitar as outras localidades e deparar que há obras em todos os cantos do concelho:

Xáxa / Gongon, não deve conhecer, mas convido a visitar as obras de melhoria dos caminhos vicinais e sinalização turística.

Na Ribeira de Principal visite o Jardim Infantil e a Unidade Sanitária de Base, totalmente reabilitados e equipados. Mas visite também a Delegação Municipal e as famílias que beneficiaram de apoios para a reabilitação das suas casas.

Em Achada Bolanha é visível as obras de introdução de passeios na rua principal, construção de espaços verdes e de lazer. E converse com as 3 famílias que beneficiaram de habitações construídas de raiz.

Já em Achada do Monte a população se encarrega de conduzir a uma visita às obras de requalificação urbana e ambiental, estrada de acesso ao liceu, reabilitação da Delegação Municipal e jardim infantil, instalação de ATM, entrega de equipamentos aos pescadores e peixeiras e apoio às famílias na reabilitação das suas habitações.

Em Achada Espinho Branco a comunidade dá-lhe as boas-vindas com as obras de requalificação urbana e ambiental. De seguida pode visitar a Unidade Sanitária de Base em Espinho Branco totalmente reabilitada e equipada, bem como o Jardim Infantil de Mato Correia e aproveitar ainda para conversar com as famílias.

Em Flamengos visite as obras de construção da placa desportiva de Pedra Barro, requalificação urbana e ambiental de Txansinha e a reabilitação da Unidade Sanitária de Base em Txan Grande. E em Monte Bode pode reunir com a população na escola totalmente reabilitada.

Senhora Janira, todas essas obras, que podem ser comprovadas através das fotografias, são fora da cidade. Ao contrário da sua demência, o Concelho de São Miguel próspera em todas os cantos e recantos. Só não vê quem é contra o desenvolvimento das localidades, dos municípios, das regiões e do país. Só não congratula quem é contra o desenvolvimento harmonioso e equilibrado do país. Só não se não sente satisfeito quem é contra aproximar os serviços das comunidades e das populações lá onde estiverem.

Temos a plena convicção de que estamos no caminho certo e nenhuma tentativa de distração vai nos fazer perder o foco. Estamos a construir um concelho e um país melhor.

1 COMENTÁRIO

  1. Boa noita Meno Fernades…de facto nta congratula ku tudo obras q nhu tem feito na td canto de concelho, menos na Monte pousada q ainda nka odja nada. Nta apela nho a visita es localidade q ao longo dos anos sa ta precisa de intervençao d nós Camâra Municipal e nao só tmb d nós governo, pmd nós tmb nu tem direito, nós tmd nu merece. Obrigado!

Comments are closed.