Advogado detido na Praia

0

Contra o advogado recaem suspeitas de burla qualificada

Um advogado que opera na Cidade da Praia foi detido pela PJ, a mando da Justiça, por suspeita de crimes de burla qualificada, falsificação de documentos, organização criminosa, corrupção ativa, falsidade informática e lavagem de capitais.

A informação é confirmada pela PJ em nota remetida ao OPAÍS.cv, indicando que o detido deve ser ainda hoje apresentado ao poder judicial.

A detenção ocorreu ontem fora de flagrante delito. Antes, foram promovidas buscas ao escritório e residência do advogado, entretanto presididas por um Juiz e acompanhado por dois Magistrados do Ministério Público e pela Bastonária da Ordem dos Advogados.

- PUBLICIDADES -

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui