África com mais 417 mortes e 12.463 novos casos de Covid

0

Nas últimas 24 horas, o Continente registou ainda 20.986 recuperados

O Continente Africano registou nas últimas 24 horas mais 417 mortes associadas à Covid-19 e 12.463 novos casos de infeção pela doença, segundo dados do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana.

Segundo o CDC, com estes novos números, o total de casos em África subiu para 8.052.110, enquanto o de vítimas mortais ascende agora a 204.025 e o de recuperados passa para 7.349.642, mais 20.986 que no dia anterior.

A região da África Austral continua a ser a mais afetada do Continente, com 3.807.684 casos e 106.014 óbitos associados à Covid-19. O Norte de África sucede à África Austral nos números da covid-19, atingindo nas últimas 24 horas um total de 2.447.012 casos e 65.616 mortes associadas à doença. A África Oriental contabiliza quase um milhão de casos (942.806) e 16.965 mortos, e a região da África Ocidental regista 627.892 casos de infeção e 9.165 mortes. Já a África Central é a menos afetada pela pandemia com 226.716 casos registados no total e 3.535 mortes associadas à doença.

Em relação aos países de língua oficial Portuguesa, Moçambique contabiliza 1.894 mortes associadas à doença e 149.259 casos acumulados desde o início da pandemia, seguindo-se Angola (1.345 óbitos e 50.738 casos), Cabo Verde (322 mortes e 36.640 infeções), Guiné Equatorial (131 óbitos e 10.498 casos), Guiné-Bissau (125 mortos e 6.022 infetados) e São Tomé e Príncipe (39 óbitos e 2.823 infeções).

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui