ANGOLA: Filho de José Eduardo dos Santos acusado pela Justiça

1

Zenú está a ser acusado de associação criminosa, trafico de influência, burla e branqueamento de capitais

A Justiça angolana acusou, formalmente, o filho do antigo Presidente José Eduardo dos Santos, JES. O caso está relacionado com o Fundo Soberano de Angola. José Filomeno dos Santos, Zenú, nomeado pelo pai fora exonerado pelo Presidente João Lourenço.

As acusações contra o filho de JES ganharam consistência depois de uma agência britânica de combate ao crime se ter disponibilizado a devolver a Angola, 500 milhões transferidos por Zenú.

Combate à corrupção

A Administração de João Lourenço tem travado uma forte luta à corrupção. Para além do filho de JES, outros influentes nomes da era Eduardo dos Santos estão a contas com a justiça.

É o caso, por exemplo, do antigo ministro dos Transportes, Augusto Tomás, detido na última sexta-feira por suspeitas de peculato, corrupção e branqueamento de capitais.

Aquele político do MPLA está a ser indiciado de desvio de fundos do Conselho Nacional de Carregadores, um órgão afeto ao ministério que tutelava.

Um outro dirigente do MPLA e porta-voz do comité central do partido está em prisão domiciliária, por alegadamente, integrar um grupo de angolanos e estrangeiros que teria tentado lesar o Estado angolano em 50 milhões de dólares.



1 COMENTÁRIO

Comentários estão fechados.