Assomada celebra 21 anos de elevação à categoria de Cidade

0

Cidade do Planalto está em festa, neste 13 de maio. São 21 anos de elevação à categoria de Cidade

Na sua mensagem pelo dia, a Presidente Jassira Monteiro constata que este 21.º aniversário “está muito para além de uma data, significa um percurso histórico dos mais ricos de Cabo Verde, de memórias coletivas e de uma peculiar cultura, que sublinha as nossas diferenças e o que nos une”.

No âmbito da comemoração do dia, a Edilidade tem realizado diversas atividades, tanto culturais como desportivas e institucionais.

Destas atividades destacam-se feiras de agronegócios, artes e gastronomia, tardes culturais, de livros, atletismo, e o habitual festival que este ano regressa em alta após 3 anos após o último festival.

“Pela primeira vez, desde a emergência da pandemia da Covid-19, estamos em condições de comemorar o Dia da Cidade com a dignidade que ela merece, juntando na rua a vontade coletiva de fazer de Assomada, cada vez mais, uma cidade de facto!” afirmou Jassira Monteiro.

As grandes transformações urbanas iniciadas a partir de 2016, interrompidas pelo período pandémico, segundo a Autarca estão a ser retomadas: ” os novos projetos e os que se encontram em curso vão permitir elevar a qualidade de vida e novos patamares da Cidade, tornando-a um motivo de orgulho para todos os Santa-catarinenses”, lê-se ainda na mensagem.

A Cidade “que herdamos”, prosseguiu a Presidente “já não é a mesma”, pois “iniciamos um importante percurso de infraestrutura e requalificação, cujo exemplo maior é a nossa Zona Pedonal, que mudou o rosto da Capital de Santa Catarina e da Região de Santiago Norte”, concluiu a Edil.

É de realçar que a então Vila de Assomada, subdividida em 22 bairros, foi elevada à categoria de Cidade, através do decreto-lei 7/2001, de 26 de março, e é no seu centro que se situa o popular Pelourinho de Assomada, o Centro Cultural Norberto Tavares, Paços do Concelho, a Igreja Nossa Senhora de Fátima, e o Cine Clube de Assomada.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui