Beta avalia. Francisco Carvalho é um Presidente “conflituoso, autoritário e incompetente”

0

Avaliação do Presidente da Comissão Política do MpD ocorre por ocasião dos dois anos de mandato, na Câmara Municipal da Praia

Alberto (Beta) Mello, enfatizou hoje que nos últimos dois anos, a Cidade da Praia inverteu a marcha do desenvolvimento, sob a liderança de Francisco Carvalho, PAICV.

Ao fazer o balanço dos 24 meses de mandato da maioria do PAICV, Beta foi taxativo. “Francisco Carvalho não tem nada para mostrar, apenas ressentimento, teorias da conspiração e conversa fiada”.

Em jeito de resposta ao Edil da Capital, o líder municipal do MpD pontuou existir um único culpado pelos embaraços na maior Autarquia do País. “A culpa não é do MpD”, mas sim de Francisco Carvalho, um Presidente “conflituoso, autoritário e incompetente, que perdeu a confiança dos seus próprios Vereadores e, por arrasto, perdeu a maioria! Se não consegue governar, a culpa é sua e só sua”, observou, em tom crítico.

“Os dois anos de mandato de Francisco Carvalho são de propaganda e coisa nenhuma”, acentuou Beta, observando que isto contrasta com a dinâmica imprimida pelos governos municipais suportados pelo MpD, na Capital, com a Cidade da Praia a ser, então, “uma Cidade cuidada, mais bonita, mais limpa e melhor organizada, com bairros requalificados, com mais zonas verdes e espaços públicos de qualidade”.

“Mais infraestruturas, mais diversidade, mais cultura, criaram uma perceção de pertença e de identidade coletiva”, ajuntou, sublinhando que governar a Cidade da Praia “é, antes de mais, respeitar a liberdade e a diversidade política, envolvendo os cidadãos numa participação ativa no presente e no futuro da urbe. E é, ainda, não prejudicar ninguém por razão das suas opções políticas, ideológicas e vivenciais. É servir e falar verdade!”.

O também Deputado da Nação apontou que “é preciso fazer opções, fixar projetos e objetivos, elaborar estratégias e programas que tragam progresso social e desenvolvimento a todas e a todos”.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui