Cai o pano da 1.ª edição do CVIF

0

Como resultado de três dias “intensos” de negociações foram assinados acordos no montante de 1.5 bilhões de euros. Governo já tem olhos postos para no próximo fórum

A primeira edição do Cabo Verde Investiment Forum superou todas as expetativas que o Governo tinha, uma vez que durante os três dias do evento foram assinados acordos no valor de 1.5 bilhões de euros.

Foram assinados acordos nos domínios de saúde, turismo, transportes aéreos e marítimos e telecomunicações.

Para o vice Primeiro-Ministro este é o resultado que mostra que há uma “grande confiança” dos investidores em Cabo Verde.

Destes investimentos, conforme avança Olavo Correia, o País todo será beneficiado. “Há acordos para todas as ilhas, de Santo Antão a Brava”, assegurou.

Olavo Correia observa que isto mostra que Cabo Verde não é nem pequeno nem pobre.

O também Ministro das Finanças observa que é preciso “apostar e confiar mais” no País.

Olavo Correia adianta ainda que o Arquipélago não pode continuar no mesmo status quo, mas sim pensar alto e “sentir a grandeza que existe entre nós”.

O Fórum que terminou esta quarta-feira, 3, superou todas as expetativas, e Olavo Correia fala em “três dias interessantes” em se registou mais de 400 participantes.

No tocante à execução dos projetos financiados e acordos assinados, o Vice PM é categórico ao afirmar que são pagos pelos contribuintes para trabalhar e que vão fazer o possível para que os mesmos se efetivem.

O governante mostra-se também confiante a enuncia uma possível construção de um Hospital de referência em Cabo Verde para “acabar com as evacuações e dignificar o País”.

Até lá, já há uma certeza: no próximo ano, haverá a segunda edição deste Fórum.

- PUBLICIDADES -