Cancelamento dos jogos Olímpicos não está descartado

0

Essa é a posição do Chefe do Comitê organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio, uma vez que o número de atleta diagnosticado com Covid-19 tem vindo a aumentar diariamente

A poucos dias do início dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o Comitê Organizador das Olimpíadas não descarta um cancelamento de última hora.
Toshiro Muto justifica essa possibilidade com o aumento de casos positivos de Covid-19 entre os atletas, todos os dias.

“Concordamos que, com base na situação do coronavírus, convocaremos as negociações de cinco partes novamente. Neste ponto, os casos de coronavírus podem aumentar ou diminuir, então vamos pensar sobre o que devemos fazer quando a situação surgir”, comentou Muto.

O Japão registrou 67 casos de infetados entre credenciados desde o dia 1º de julho, quando atletas, autoridades e demais envolvidos nas competições começaram a chegar ao País. A alta também tem acontecido entre a população da capital Japonesa, com 1.387 novos testes positivos nas últimas 24 horas, segundo a Reuters.

Há alguns dias, a organização dos Jogos Olímpicos tomou uma medida mais drástica para tentar evitar a disseminação do Sars-CoV-2 e manter a realização da disputa. O comitê decidiu realizar as Olimpíadas sem público na maioria dos locais, como forma de minimizar os riscos à saúde.

Com a vacinação lenta em comparação com outras nações desenvolvidas, o Japão tem até o momento mais de 840 mil casos confirmados e mais de 15 mil mortes por Covid-19.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui