Casal de Cabo-verdianos morre em Portugal com 24 horas de diferença

0

Ernestina Santos Moreira, conhecida por Pitoca, morreu no sábado passado e Marcelino de Pina Borges, Chalino, morreu no domingo, ambos foram vítimas de doença

Um casal de Cabo-verdianos, natural de São Lourenço dos Órgãos, morreu em Portugal, no Seixal, onde residiam há 40 anos, com 24 horas de diferença.

Os dois, Marcelino de Pina Borges, que era mais conhecido por Chalino e Ernestina Santos Moreira, Pitoca, ambos naturais Cidade de João Teves, foram vítimas de doença.

Segundo apurou OPAÍS.cv, Pitoca morreu no sábado passado e Chalino do dia seguinte, domingo.

Em comunicado, a Edilidade de São Lourenço dos Órgãos lamentou a morte do casal, bastante conhecido e respeitado pelas suas condutas de dedicação à família e à comunidade onde moravam.

“O falecimento destes dois Laurentinos deixa, seguramente, desolados os familiares, amigos e conhecidos que nos deixam como exemplo os seus modelos de vida enquanto Munícipes de bem, homem e mulher de fé inquebrantável e alicerçada na família”, lê-se no comunicado publicado na página da rede social Facebook da Câmara Municipal.

A Autarquia reforça ainda que a morte de Chalino e Pitoca, “enluta não somente os seus familiares e amigos, mas todos os Munícipes de São Lourenço dos Órgãos” que lamentam a perda destes dois “Laurentinos exemplares na honestidade, no caráter e na honra”.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui