CEDEAO: Cancelada reunião em Cabo Verde (atualizada)

1

Está cancelado as iniciativas da CEDEAO que deveriam acontecer nos próximos dias na ilha do Sal. As eleições na Nigéria, Senegal e Guiné-Bissau estão na origem da decisão 

A confirmação é do Deputado Cabo-verdiano e Vice- Presidente do Parlamento da CEDEAO que aponta as eleições do último fim-de-semana na Nigéria e Senegal e do próximo dia 10 de março, na Guiné-Bissau, e a questão dos transportes como razões para o cancelamento das reuniões em Cabo Verde.

Confirma-se. O adiamento das reuniões do Parlamento da CEDEAO previsto para a ilha do Sal tem a ver com as eleições que se realizam na Nigéria, Senegal e Guiné-Bissau, e face ao cenário de uma segunda volta, o Presidente do Parlamento da CEDEAO optou pela mudança, devendo a reunião acontecer entre 3 e 14, no Senegal.

Senegal detém 7 assentos no parlamento comunitário, mais dois que a Guiné Bissau que tem 5, enquanto a Nigéria ocupa 35 assentos. Cabo Verde tem 5 lugares.

Em declarações ao OPAÍS, o Vice- Presidente do Parlamento da CEDEAO, Orlando Dias, explicou que a mudança está relacionada com estas eleições e indicou que o Presidente do Parlamento justificou que alugar um avião para trazer cerca de 100 parlamentares a Cabo Verde seria muito oneroso, devendo, por isso, os 5 Parlamentares nacionais viajarem a Dakar.

O Presidente “achou por bem” adiar o evento, pontuou Orlando Dias, observando que os três países em processo de eleição ocupam 47 lugares num Parlamento de 115 titulares.

A própria reunião da Rede de Mulheres Parlamentares da CEDEAO está a ser reprogramada, para o Senegal.

Notícia atualizada às 9h44



1 COMENTÁRIO

Comentários estão fechados.