Covid-19. Autoridades encerram dez estabelecimentos em São Vicente

0

Alguns funcionavam como discotecas quando é proibido por lei

A equipa multidisciplinar, criada para fiscalizar a implementação das medidas para conter a Covid-19, em São Vicente, suspenderam as ativdades em dez estabelecimentos por “incumprimento” de regras.

De acordo com a responsável dessa equipa, Vitória Veríssimo, a operação de fiscalização aconteceu na madrugada deste sábado e o foco foi “estabelecimentos de diversão noturna, bares e lounge bares.

Conforme explicou em declarações à Inforpress desses dez, sete foram encerrados temporariamente até que se cumprem as regras exigidas, mas os outros três vão aguardar a instrução do processo, por serem mais graves.

“Alguns funcionavam como discotecas quando é proibido por lei, porque a abertura dos estabelecimentos de dança, como discotecas, clubes, ‘pub dancing’, salões e locais onde se realizam festas é permitida apenas a partir de 1 de outubro”, precisou.

Durante a fiscalização, verificou-se que “os responsáveis cumpriram as exigências e apresentaram o cartão de vacina, à semelhança dos clientes”, mas os incumprimentos referiam-se “à aglomeração, ao não distanciamento, à não utilização de máscaras e ao incumprimento do horário de funcionamento estabelecido por lei.