Covid-19. Brasil com mais 3.829 óbitos e 92.625 casos de infeção

0

O Brasil atravessa a pior fase da pandemia, contabilizando, agora, um total de 340.776 óbitos associados à doença e mais de 13,1 milhões casos de infeção acumulados. Paralelamente, uma possível nova estirpe do vírus Sars-CoV-2 foi descoberta na cidade Brasileira de Belo Horizonte

          

O Ministério da Saúde Brasileiro notificou esta quarta-feira mais 92.625 casos de infeção por novo coronavírus, o segundo maior registo diário desde o início da pandemia (o recorde ocorreu a 25 de março, com 100.158 novos casos registados num único dia). São ainda confirmadas mais 3.829 mortes associadas à doença, um dia depois de ter sido atingido um novo máximo diário (4.195).

O Brasil, sublinhe-se, atravessa uma fase crítica do combate à pandemia, a pior fase desde o início da crise sanitária, a 26 de fevereiro do ano passado, registando-se uma velocidade de transmissão sem precedentes que está colocar sob pressão o sistema de Saúde (21 capitais Brasileiras estão 90% das UCI lotadas).

As variantes são uma das causas deste agravamento da transmissão. Ontem, cientistas locais identificaram uma possível nova estirpe do vírus Sars-CoV-2 na cidade Brasileira de Belo Horizonte, tendo detetado a combinação de 18 mutações nunca anteriormente descritas.
O número acumulado de casos confirmados no País é agora de 13.193.205 e o total de vítimas mortais é de 340.776, segundo o site do Ministério da Saúde.

Entre o total de casos positivos confirmados, mais de 11,6 milhões são considerados recuperados da doença, enquanto mais de 1,1 milhões permanecem sob acompanhamento médico.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui