Covid-19. Há seis meses Cabo Verde registava 1º caso positivo

0

Neste momento, em que já se contabiliza 50 óbitos, somente 3 dos 22 Municípios resistem à pandemia

          

Cabo Verde registou o primeiro caso de Covid-19 há exatamente seis meses, 19 de março.

Tratava-se de um cidadão de nacionalidade Inglesa, de 62 anos de idade, que chegou na Boa Vista, no dia 9 de março e no dia 16 iniciara um quadro respiratório, com tosse e febre.

Este paciente veio a falecer no dia 23 de março, (primeira vítima mortal em Cabo Verde). Para além do coronavírus, ele, tinha outros fatores de risco, que agravou ainda mais o seu quadro clínico.

Foram 4 declaração de Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República e autorizado pelo Parlamento.

Por duas vezes abrangeu todo o Cabo Verde, tendo continuado somente nas Ilhas de Santiago e Boa Vista e por último somente na Ilha de Santiago.

De 19 de março a 19 de setembro, o novo coronavírus chegou a quase todas as Ilhas do País, à exceção da Brava mas somente três dos 22 municípios continuam a resistir à pandemia, sem casos diagnosticados.

A Ilha Brava, o Município de Santa Catarina do Fogo e Paúl, em Santo Antão, são os Municípios ainda blindados à Covid-19.

No entanto a prevenção continua a ser a palavra de ordem, por forma a não deixar com que a doença chegue a esses Concelhos, contudo, se entrar deve-se trabalhar para que não se espalhe.

Cabo Verde conta até ao momento com 5.141 casos acumulados de Covid-19, sendo o Município da Praia o mais afetado.

Do total acumulado desde 19 de março, o País contabiliza 50 óbitos, entretanto 4.548 pessoas já foram dadas como recuperados da doença.