Daniel Medina galardoado com Prémio Literário Guerra Junqueiro Lusofonia 2023

0

Distinção reconhece o mérito literário de autores dos 9 países Lusófonos

O Jornalista e escritor Cabo-verdiano, Daniel Medina, é um dos galardoados com o Prémio Literário Guerra Junqueiro Lusofonia, anunciou a organização, da Câmara Municipal de Freixo de Espada à Cinta, Distrito de Bragança.

Em declarações ao OPAÍS.cv, Daniel Medina expressou a sua alegria e humildade pela distinção.

“A escrita é feita pensando sempre nos outros, no contato com os outros, pela transmissão e partilha de conhecimentos e de perspetivas de vida num plano literário”, disse-nos.

O também professor universitário ressaltou que, embora não houvesse um projeto específico por trás desta distinção, o prémio representa o reconhecimento da sua vasta e dedicada carreira literária.

Medina enfatizou a importância de continuar a escrever e de manter a atenção voltada para as problemáticas sociais. “Tenho me dedicado, ao longo de vários anos, aos outros, corrigindo trabalhos dos outros, em todos os planos da literatura, e tenho tido uma intervenção determinante para que a literatura continue com o seu rigor”, destacou.

Destinado a distinguir escritores dos 9 Estados-membros, o prémio contemplou, além de Daniel Medina, de Cabo Verde; Mário Cláudio, de Portugal; José Luís Mendonça, de Angola; Cida Pedrosa, do Brasil; Odete Costa Semedo, da Guiné-Bissau; Laureano Nsue Nguema Mibuy, da Guiné-Equatorial; Paulina Chiziane, de Moçambique; Inocência Mata de São Tomé e Príncipe, e José Ramos Horta, de Timor-Leste.

A cerimónia de entrega dos galardões acontece a 6 de julho próximo, em Freixo de Espada à Cinta, no âmbito do encerramento das cerimónias do centenário da morte de Guerra Junqueiro.