Declarado Estado de Calamidade na Capital Timorense

0

Medida vigora por um período de 30 dias, devido ao impacto das inundaçóes que assolaram a capital no fim de semana

          

O Governo timorense declarou hoje “situação de calamidade” durante um período de 30 dias em Díli, devido ao impacto das inundações que assolaram a capital no fim de semana, anunciou um membro do executivo.

A situação de calamidade não se aplica aos restantes municípios do País igualmente afetados pelo mau tempo, mas onde o executivo não considerar haver situação de calamidade.

Neste quadro, o Governo decidiu também “mobilizar apoio internacional para reunir esforços para a recuperação das inundações de 4 de abril”, explicou.

O Governo Timorense decidiu também suspender o confinamento obrigatório que se aplicava devido à covid-19 em Díli, para permitir à população responder à situação de emergência.

As cheias do passado fim de semana causaram pelo menos 42 mortos e mais de 14 mil desalojados, afetando populações em vários municípios e causando danos a casas, empresas, escolas e outros locais públicos, estradas, pontes e outras infraestruturas.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui