Dom Paulino Évora merece muito mais!

0

É indesejável o que se passa neste país! Não se vê respeito nenhum num momento em que o povo cabo-verdiano chora a perda do seu exímio líder religioso!

É pena que neste país tudo é visto com as lentes da política! Infelizmente, tudo está politizado!

Se fosse o falecimento de um político e se o Estado decretasse cinco dias de luto, certas pessoas ou certos grupos políticos nada reclamavam e tudo se passava na Santa paz.
Meus senhores, Cabo Verde não se esgota na fronteira de políticos!

Cabo Verde é muito mais do que essa miopia!

Para além de políticos, existem ilustres e sublimes cabo-verdianos de especialidades as mais diversas, que merecem ser reconhecidos, homenageados e até condecorados pelo Estado de Cabo Verde!

E o Bispo Emérito Dom Paulino Évora é, reconhecidamente e sem dúvidas, um desses ilustres e sublimes cabo-verdianos!

Ele é, em primeiro lugar, um cabo-verdiano. Um ilustre cidadão desta Pátria! A imensa obra social que ele proporcionou, através da Cáritas, aos cabo-verdianos, era suficiente para que o Estado (de todos os cabo-verdianos) o reconhecesse e lhe prestasse todas as homenagens!

Porém, a sua obra não parou ali.

Ele foi o representante máximo de uma Igreja, não uma igreja qualquer, uma Igreja que representa a fé de cerca de noventa por cento da população cabo-verdiana. Uma fé que moldou a cultura cabo-verdiana e que está sempre presente, como reflexos, na idiossincrasia deste povo!

É preciso conhecer o papel histórico da Igreja Católica na nossa história e deixar de fazer a mesquinhez com coisas sérias, que marcaram o nosso percurso, a nossa formação e a nossa cultura.

Eu comecei a minha primeira formação nas escolas da Igreja Católica! E milhares de outros cabo-verdianos fizeram o mesmo.

O Bispo Dom Paulino Évora fez tudo o que pôde para este povo! E fez muito mais do que se possa imaginar!

O Bispo Dom Paulino Évora acarinhou e estimulou este nosso povo a abraçar a independência de Cabo Verde!

O Bispo Dom Paulino Évora conseguiu convencer o papa João Paulo II a visitar Cabo Verde. De todos os pontos de vista, essa visita foi muito importante para Cabo Verde!

Discretamente, Dom Paulino Évora teve um papel importante na construção da democracia e liberdade deste país. A visita de João Paulo II é prova disso!

Penso que reside aqui a origem e o ponto da discórdia de certos grupos políticos!

Dom Paulino Évora fez muito mais!

Por mais que não se goste dele, a sua acção, a sua postura, a partilha da sua fé com todos os cabo-verdianos, especialmente com os humildes, serviram para manter o povo cabo-verdiano sempre unido, na cultura da paz e na concórdia!

Dois dias de luto para o nosso primeiro Bispo?

Não, isso não é nada! Ele merece muito mais!

- PUBLICIDADES -