Duarte Lima vai cumprir três anos e meio de prisão na Carregueira

0

Duarte Lima entregou-se no estabelecimento prisional da sua área de residência para cumprir três anos e meio de prisão. Passaram mais de quatro anos após ter sido condenado por burla qualificada

Duarte Lima entregou-se na manhã desta sexta-feira no Estabelecimento Prisional de Caxias depois de ter sido emitido o mandado de detenção em seu nome. O advogado chegou à prisão que está situada na sua área de residência para cumprir os três anos e meio de pena que faltam da condenação a seis anos. Entretanto, foi transferido para a Carregueira, em Sintra.

O antigo líder parlamentar do PSD foi condenado em 2014 a seis anos de prisão depois de ter sido considerado culpado de burla qualificada por ter desviado fundos do Banco Português de Negócios, burlando os proprietários de terrenos onde estava prevista a construção da nova sede do Instituto Português de Oncologia. Em causa estavam os negócios, realizados em 2007, relacionados com um fundo imobiliário chamado Homeland, criado por Lima, pelo filho e por um advogado.

Duarte Lima está ainda envolvido num outro processo judicial, no Brasil, onde é acusado de homicídio da companheira do milionário português já falecido Lúcio Tomé Feteira. É também suspeito de ter apropriado de cinco milhões de euros que pertenceriam a falecida.