Economia Cabo-verdiana cresce num bom ritmo – MpD

0

Deputado João Gomes interveio está manhã, na abertura no ano parlamentar

          

Durante uma declaração política, o Grupo Parlamentar do MpD, na voz do Deputado João Gomes, defendeu que de acordo com os dados divulgados pelo INE, o PIB aumentou 6.2% no segundo trimestre de 2019, registando em termos homólogos um aumento de 6.2% em volumes.

Segundo João Gomes, Cabo Verde cresceu nos dois primeiros trimestre de 2019 acima dos 6%, uma evolução que resultou dos contributos do setor privado e das exportações. “Cabo Verde está num bom momento, a economia está a crescer e de forma sustentável cerca de seis vezes mais do que crescia no período de 2012/2015, sendo que em 2012 a economia cresceu 1.1%, em 2013 -0.8%, 2014 – 0.6%, em 2015- 1.0%, em 2016 – 4.7%, em 2017 cresceu 4.0%, em 2018 cresceu 5.5% e em 2019 as perspetivas apontam para ultrapassar os 6%”, realçou.

Adiantou que este crescimento é importante para se driblar a pobreza, aumentando e alimentando o bem-estar das pessoas, criação das oportunidades de emprego, aumento de rendimento das famílias e aumento das receitas do Estado para que haja investimentos na educação, saúde e inclusão social.

Avançou que este crescimento é “fundamental” para a confiança das famílias e dos empresários, um crescimento que perspetiva um futuro melhor aos jovens, visto que de 2016 a 2019, 15.428 jovens tiveram acesso à formação profissional, em que “nestes primeiros meses do ano corrente cerca de 5.000 jovens foram abrangidos pela formação profissional”, cerca de 1.096 a mais de que o ano de 2018.

“Um ganho conseguido graças ao investimento público, investimentos durante esses quatros foram em cerca de 400 mil contos e durante este ano de 2019 rondam cerca de 153 mil contos na formação profissional”, frisou ainda o Deputado.

Avançou a questão da massificação dos estágios profissionais, sendo que cerca de 60 % dos estágios se transformam em emprego, em que durante esses anos cerca de 3.719 jovens foram beneficiados. Só neste ano, cerca de 2.000 jovens tiveram acesso.

Adiantou o Deputado que os três anos de seca não impediram o crescimento da economia, adiantando que a imagem externa do País está em alta, que a democracia Cabo-verdiana é uma referência, traduzindo-se num enorme interesse de investidores internacionais no País, demostradas nos fórum de investimentos de Paris e Boston.

Também o PAICV proferiu uma declaração política sobre os transportes, passando a ideia de que tudo vai mal, mas o MpD contrapôs, sublinhando que desde meados de agosto o cenário mudou para melhor.