“El Chapo” condenado à prisão perpétua

0

Joaquín Guzmán que liderou por mais de 20 anos o Cartel de drogas de Sinaloa foi condenado esta quarta feira, em Brooklyn, Nova Iorque

“El Chapo” foi condenado pelo juiz Brian Cogan, a prisão perpétua por tráfico de droga, 30 anos por violência e outros 20 por branqueamento de dinheiro. Guzmán foi ainda condenado a pagar uma indemnização de 12,6 mil milhões de euros.

Um dos maiores traficantes da história, irá cumprir sua pena na prisão de maior segurança dos EUA, a United States Penitenciary Administrative Maximum Facility, conhecida como ADX.

Joaquín Guzmán foi acusado por antigos e atuais agentes de autoridades Norte-americanas, antigos colegas no negócio ilícito, vítimas e até uma antiga amante. Após 11 semanas de julgamentos, em fevereiro o Tribunal considerou-o culpado.

Chegou a ser considerado “inimigo público 1”, pela Comissão do Crime de Chicago, o único a ter este título depois do infame mafioso Al Capone.

“El Chapo” ficou conhecido pelas inúmeras fugas que até teve lugar nos cinemas, na televisão, música e livros, o que ajudaram Joaquín Guzmán “El Chapo”, a ter o estatuto de lenda.

- PUBLICIDADES -