Érica Soares nada de Quebra Canela à Cidade Velha

2

São 12 km e cerca de 6 horas a nadar, ligando Quebra Canela, na Cidade da Praia, a Cidade Velha

A nadadora mostra-se esperançosa com a travessia que considera ser um desafio para si própria. A jovem natural do Tarrafal de Santiago fará a travessia este domingo, com partida prevista para 7 horas da manhã.

São 12 quilómetros que poderá demorar cerca de seis horas entre o mar de Quebra Canela e a Cidade Velha, já que terá uma paragem a cada 30 minutos para se hidratar.

Em declarações ao OPAÍS.cv, Érica Soares sublinha que o objetivo deste desafio é mostrar que a natação está viva. Com a travessia, a nadadora pretende ainda dar mais vozes a nadadores do País. Mas o mais “importante” é conseguir uma bolsa para estudar em Dakar, onde poderá treinar com melhores condições.

“Se ficar em Cabo Verde a natação irá ficar em outros planos, aqui não temos condições, não há uma piscina olímpica, não há treinadores, não há praticamente nada nesta área desportiva”, lamenta, afirmando que só há “força de vontade”  pessoal.

Aos 18 anos de idade, Érica Soares que participou nos Primeiros Jogos Africanos de Praia, que decorreu na ilha do Sal, pretende estudar Educação Física e depois especializar-se em natação, mas isso, como diz somente com apoios e no País vizinho.

Voltando à travessia, a nadadora garante estar tudo pronto para o desafio, contando com apoio da Polícia Marítima, Militares, um médico e de um surfista.

Érica que considera ser este um dos maiores desafios que irá enfrentar mostra-se, no entanto esperançosa em como irá conseguir cumprir a promessa que fez a si própria e aos seus apoiantes, nomeadamente, Monaia.

A travessia está agendada para iniciar às 7 horas deste domingo, com chegada prevista para às 13 horas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabens!! Assi é pa avança, ca mesti spera ninguen… si bu bai cidade ta nada bu podi bai undi bu quiser! Força. Abraço
    Mundinho

Comments are closed.