Estado de emergência decretado na Capital da Papua Nova Guiné

0

Primeiro-Ministro, James Marape, decretou nesta quinta-feira, 11, estado de emergência durante 14 dias na Capital do País, Port Moresby, após tumultos que deixaram 15 mortos

De acordo com o último relatório publicado pela polícia metropolitana de Lae, oito pessoas morreram na Capital e sete em Lae, avançou a televisão pública Australiana ABC.

“O serviço de ambulância recebeu um grande número de chamadas de emergência na Capital relacionadas com tiroteios e pessoas feridas numa explosão”, sublinhou o serviço de emergência de Saint John Papua Nova Guiné.

Mais de 1.000 soldados estão prontos para intervir “quando necessário” ao abrigo do decreto do estado de emergência, segundo o Primeiro-Ministro do País, após um onda de violência, saques e incêndios de lojas em duas cidades do País ocorridos na quarta-feira.