Estados Unidos despejam 50 milhões de barris de petróleo no mercado

0

Operação é feita em paralelo com outros Estados que são grandes consumidores de petróleo, em particular China, Índia, Japão, Coreia do Sul ou Reino Unido. O objetivo é baixar os preços

Os Estados Unidos e outros países vão utilizar as suas reservas estratégicas de petróleo, numa iniciativa coordenada, para tentar baixar os preços, anunciou, esta terça-feira, a Casa Branca.

A primeira potência económica mundial vai colocar no mercado 50 milhões de barris de petróleo, segundo um comunicado.

Ao aumentar a oferta, os Estados Unidos e os outros países esperam fazer baixar os preços.

A operação é feita em paralelo com outros Estados que são grandes consumidores de petróleo, em particular China, Índia, Japão, Coreia do Sul ou Reino Unido, segundo a Casa Branca.

Um alto responsável da administração Norte-americana disse que esta coordenação é inédita.

O aumento do preço dos combustíveis nos Estados Unidos tem colocado problemas à administração liderada por Joe Biden.

As suas tentativas para pressionar os países produtores, nomeadamente a Arábia Saudita, a aumentar a oferta não têm tido sucesso.

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui