UE apela Londres para anular plano de deportação de imigrantes para Ruanda

0

Parlamento Britânico aprovou, na noite de segunda-feira, a legislação que dá luz verde ao plano

O Comissário para os Direitos Humanos do Conselho da Europa, apelou hoje ao Governo Britânico para que anule o plano de deportação de imigrantes para o Ruanda,

“O Governo Britânico deve abster-se de deportar pessoas ao abrigo do plano Ruanda e reverter o ataque à independência do poder judicial que este projeto de lei constitui”, afirmou o Comissário do Conselho da Europa para os Direitos Humanos, Michael O’Flaherty, em comunicado.

O Primeiro-Ministro Britânico, Rishi Sunak, afirmou hoje que “nada vai impedir” o objetivo de enviar para o Ruanda os imigrantes que atravessaram ilegalmente o Canal da Mancha, entre a França e a Grã-Bretanha, depois de o Parlamento ter aprovado a legislação que dá luz verde ao plano.

O Parlamento aprovou o projeto legislativo na noite de segunda-feira, após uma noite intensa e meses de debates na Câmara dos Comuns (baixa) e a Câmara dos Lordes (alta) sobre as alterações que tinham sido acrescentadas pelos pares e rejeitadas pelos Deputados.