Fazenda de Esperança nas celebrações de Santo António, na Achada

0

Confirmação é do Padre José Constantina Bento, para quem o programa das festividades do Santo Padroeiro, este ano, está intimamente ligado a essa iniciativa 

A iniciativa internacional, criada no Brasil, e implementada em vários países, chega a Cabo Verde através do Padre Brasileiro, Ronaldo, o mesmo que irá presidir as celebrações do 13 de junho, em Achada de Santo António, na Cidade da Praia.

O projeto tem por fim reunir pessoas dependentes do álcool e outras drogas, por forma a lhes atribuir todo apoio e suporte para libertarem do vício. Conforme o Padre Constantina há três medicamentos ou princípios para esta recuperação, sendo trabalhar, conviver bem com os outros e rezar.

O Pároco de Achada Santo António sublinha que a sua Paróquia está engajada na luta contra o consumo de álcool e estupefacientes, tendo essa iniciativa uma oportunidade importante para consciencializar a população sobre as causas e consequências desses problemas, bem como mostrar às pessoas a importância da convivência.

“Criamos um grupo chefe que tem por objetivo ajudar os dependentes, mas não carateriza-se como um espaço fechado, mas sim aberto para todos que queiram partilhar os seus problemas, preocupações, mas também, que queiram apoiar os que necessitam através de palavras de conforto e encorajamento,” frisou, em conversa com OPAÍS.cv.

Quanto ao ritmo de preparação das celebrações, afiançou que neste momento encontra-se na fase da preparação das pessoas para entrar no clima de festa, a preparação das estruturas do espaço na igreja, limpeza de ruas e ensaios de cânticos.

“Este ano a procissão vai começar na Capela e vai seguir direto até o fundo do Bairro de Brasil, onde vai percorrer todas as ruas da comunidade em que este tem estado a ser preparada para receber a passagem do Padroeiro para voltar até a Capela,” realçou.

Quanto aos juízes, o Sacerdote afirmou que na lista constam cerca de 60 nomes, mas o que não é algo garantido porque nem sempre todos aparecem, e que na semana passada a Paróquia crismou 223 cristãos.

Frisou ainda que neste momento a Paróquia tem estado a celebrar uma nova comemoração, referente à festa de Nossa Senhora do Socorro desde 2010, no último domingo do mês de maio. Uma festividade simples mas com grande importância para a população, num festejo religioso.

Constantina Bento aproveitou o momento ainda para apelar a toda população para se tornarem mais unidos, tendo Deus como o centro, como forma a erradicar todo os males sociais desde violências, vandalismo, álcool e outros.

- PUBLICIDADES -