Foi Governo que pediu inspeção às contas da COJAP

1

Detenção de Nair Semedo, Diretora Financeira da COJAP, veio na sequência de uma inspeção às contas dos Jogos Africanos de Praia, ordenada pelo Governo

Segundo apurou OPAÍS.cv, foi o Governo, em nome da transparência, que ordenou uma sindicância às contas dos primeiros Jogos Africanos de Praia, realizados entre 14 e 23 de junho, em Santa Maria, na ilha do Sal.

Fontes governamentais apontam não haver sistemas “perfeitos e infalíveis” e nota que o bom sistema é aquele que produz resultados, fiscaliza e deteta atempadamente desvios, fraudes ou outros tipos de comportamento incorretos, não encobre e não deixa ficar impune quem os praticar. “É isto que aconteceu na gestão dos Jogos Africanos de Praia” sublinhou.

Para a nossa fonte, o Governo “esteve bem” ao solicitar a inspeção às contas da COJAP, até porque o Executivo có- financiou a iniciativa que reuniu perto de 50 países.

“Nada disto mancha o sucesso dos jogos, em relação ao qual devemos sentir-nos orgulhosos”, enfatiza, enaltecendo que o “sistema funcionou”, cabendo agora à Justiça apurar os detalhes deste processo.

Recorda-se que a PJ deteve ontem, fora de flagrante delito, e por mandato do Ministério Público, Nair Semedo, Diretora Financeira da COJAP, acusada de crimes de peculato e infidelidade administrativa. Ela é acusada de desviar mais de três mil contos dos Jogos Africanos.

Notícias relacionadas:

Suspeita de crimes financeiros nos Jogos Africanos de Praia

Identificada a Diretora Financeira da COJAP detida pela PJ

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.