Governo avalia positivamente ganhos do PRAA

0

Esta posição foi manifestada pela Ministra Eunice Silva, durante uma reunião mantida esta quarta-feira, 28, com os Presidentes das Câmaras Municipais

O Governo reuniu-se esta manhã com as Câmaras Municipais, com avaliação do PRRA em pauta.

No final do encontro, a Ministra das Infraestruturas, afirmou que todos os Municípios afirmaram que o referido programa tem decorrido normalmente apesar de alguns atrasos pelo fato desses projetos serem complexos, que é o caso das orlas marítimas do Paúl, Tarrafal de Monte Trigo e Queimada Guincho nos Mosteiros, que implicam um trabalho e estudo mais aprofundado.

Avançou a governante que no quadro do perfil do setor da habitação, recentemente apresentado, o Governo entendeu dentro do PRAA criar uma valência para apoiar as famílias mais necessitadas, com a reabilitação de 6 mil habitações numa primeira fase, tendo em conta que cerca de 1.500 casas devem ser entregues pelas Câmaras.

Quanto ao programa Casa para Todos, a governante adiantou que o Governo decidiu transferir para as Câmaras Municipais tudo que são da classe A e que as partes a serem vendidas tem sido muito lenta. A ideia do Governo é baixar os preços, entrando com uma parte e permitir a IFH abaixar os preços.

“O programa começou com 8 mil casas,  neste momento são 5 mil e tal casas, e 1.000 e tal  foram entregues às Câmaras Municipais e este Governo já entregou mais 1.000 e tal, num total são cerca de quase 3 mil casas de classe A e o resto 3 mil e tal é classe B e C para vender, dos quais apenas cerca de mil foram vendidas, e neste momento estamos com quase 2 mil casas para vender” frisou.

Eunice Silva avançou que a próxima reunião com as Autarquias está marcada para 30 de outubro, para colmatar os problemas da habitação, a localização e falta de rede de esgotos e os custos.

Manuel de Pina, Presidente da Associação dos Municípios, considerou o PRAA como sendo um “grande projeto” para Cabo verde, e que os Municípios e Governo estão a trabalhar em sintonia, parabenizado o Governo por esta iniciativa de desenvolvimento. “Este encontro serviu para identificar os problemas que existem e apresentar soluções para resolvê-los e fazer o País crescer numa perspetiva de sintonia e complementaridade”, sublinhou.

O também Autarca da Cidade Velha avançou ainda que cerca de dois milhões de contos já foram transferidos para as Câmaras Municipais, e que pelo menos todos os Municípios já receberam 9 mil contos para as reabilitações, realçando que deve-se trabalhar na perspetiva de apoderar as famílias na perspetiva de serem autónomas.

- PUBLICIDADES -

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui