Governo confirma reabertura das fronteiras dia 12

0

Foram igualmente autorizadas, a partir de segunda-feira, operações de escala técnica e abastecimento de aeronaves nos aeroportos nacionais, bem como a atracação ou acostagem de navios, veleiros e cargueiros

          

Está confirmado. A partir da segunda-feira, 12, as fronteiras nacionais serão reabertas.
Esta é uma decisão tomada em reunião do Conselho de Ministros de ontem, quinta-feira, e anunciada hoje, pelo Ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, a partir de São Vicente.

De acordo com o governante, autoriza-se também, a partir de segunda-feira, 12, as operações de escala técnica e abastecimento de aeronaves nos aeroportos nacionais, bem como a atracação ou acostagem de navios, veleiros e cargueiros.

Este era o momento de abrir as frenteiras, diz, precisando que depois de seis meses fechadas, o País necessitava se abrir ao mundo, já que um dos principais motores da economia, o turismo, estava paralizado. “Este é o momento do restabelecimento da ligação plena com exterior, obedecendo a requisitos aprovados e revistos periodicamente pelas autoridades competentes”, disse, deixando claro que para entrar no País os visitantes devem apresentar os resultados negativos do teste PCR à Covid-19.

Todavia, esclareceu o goverante, a chegada de turistas a Cabo Verde será paulatina, isso porque depende de critérios que são impostos nos países de origem dos turistas. Carlos Santos apela aos Cabo-verdianos a cumprirem as medidas de forma rigorosa para que outros países possam abrir as suas fronteiras com o nosso País e assim ter um aumento de turistas e consequêntemente mais emprego e economia a crescer, novamente.

“Se cada um fizer aquilo que está definido pelo Ministério da Saúde, nomeadamente, utilização de máscara e distanciamento físico, faremos com que a curva de contaminação e de número de positivos para Covid-19 baixe e aí o País emissor terá um procedimento melhor para connosco”, sustentou.