Governo e Autarquia apostam na segurança do turismo no Sal

0

Acordo para operacionalização da Polícia Municipal na mais turística Ilha do Arquipélago foi ontem assinado, nos Espargos

A Câmara Municipal e o Governo estão decididos em efetivar a Polícia Municipal, PM, virada, essencialmente, para a tranquilidade e segurança do principal setor de atividade no Sal, o turismo. Para tanto, um acordo tripartido para operacionalizar a PM foi ontem rubricado, pelo Autarca Júlio Lopes e pelos Ministros do Turismo, Carlos Santos, e da Administração Interna, Paulo Rocha.

Ao assinar o documento, Júlio Lopes apontou para um dia “muito importante” para a Ilha do Sal, porquanto a efetivação da PM vai permitir tratar o destino turístico do Sal com “maior qualidade”.

No entendimento do Autarca do Sal, “ninguém pode perturbar ninguém”. A Edilidade quer “sustentabilidade social” no que ao turismo diz respeito.

Júlio Lopes fala numa “opção clara” tanto da Câmara Municipal como do Governo que apostam na “ordem e disciplina”, elementos “relevantes” para qualificar o destino turístico do Sal.

Esta iniciativa, destacou o Ministro do Turismo, vinha sendo adiada devido a “algumas dificuldades” financeiras, mas que agora se torna possível. “Financiar esta corporação, estamos simplesmente a fazer um trabalho que está definido nos termos daquilo que são os Estatutos do Fundo do Turismo”, apontou Carlos Santos para quem estamos perante um forte investimento na tranquilidade e na segurança.

O MAI, por sua vez, elogiou a liderança da Autarquia Salense neste processo e destacou que a PM é um “órgão especial” de âmbito municipal, com competências muito específicas, para além das competências complementares.

Paulo Rocha garantiu que o Plano Curricular para a formação dos futuros Agentes da PM está aprovado, bem como todas as diretivas de organização e funcionamento da PM cuja formação será ministrada pelo Centro Nacional da Polícia Nacional.

A estimativa aponta para a operacionalização da PM no último trimestre do ano em curso, com um orçamento na ordem dos 42 milhões de Escudos, sendo financiado pelo Governo, através do Fundo do Turismo.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui