IGAE detém número significativo de menores em Achada Grande Trás

0

Estes estavam numa discoteca clandestina, que funcionava num armazém, que teve de ser suspensa

A Inspeção Geral das Atividades Económicas, IGAE, deteve no passado sábado, 11, um número significativo de menores de 18 anos de idade, que estavam numa discoteca clandestina a funcionar no bairro de Achada Grande Trás.

A discoteca, que nesse momento é proibida em todo o País, funcionava num armazém, e claro a IGAE teve de a suspender.

Essa operação, no âmbito das ações conjuntas de fiscalização, constituída pela IGAE, Proteção Civil, Guarda Municipal e Polícia Nacional, vai continuar, no sentido de combater as festas e discotecas clandestinas na Cidade da Praia e outras Ilhas.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui