Ilha Brava terá, este ano, primeira unidade de dessalinização 100% solar do País

0

Investimento, estimado em cerca de 6 Milhões de Euros, visa resolver os desafios de água na Ilha

Em 2024, está prevista a conclusão da instalação da primeira unidade de dessalinização 100% solar de Cabo Verde, na Brava, conforme revelado durante a III Reunião do Comité de Pilotagem do Programa Água e Saneamento sobre “Desenvolvimento–Clima– Energia”.

O encontro, realizado na sexta-feira, 16, foi co-presidido pelo Ministro da Agricultura e Ambiente, e pelo Encarregado de Negócios da Embaixada do Grão-Ducado do Luxemburgo, Thomas Barbancey.

Gilberto Silva, destacou a importância do investimento para atender às necessidades de água na Ilha e resolver problemas de saúde pública relacionados com a qualidade da água atualmente disponível na Brava.

Por seu turno Thomas Barbancey, enfatizou que a dessalinização solar é uma resposta crucial para a falta de água na Ilha, proporcionando uma solução tanto para a quantidade quanto para a qualidade da água disponível.

O Programa “Água e Saneamento”, com uma duração de 48 meses, teve início no dia 15 de fevereiro de 2022, marcado pela assinatura do mandato de execução, conforme estabelecido nas ações de continuidade definidas na primeira versão do Documento Técnico e Financeiro.

Este programa integra o novo Programa Indicativo de Cooperação para o Desenvolvimento-Clima-Energia (PIC-DCE 2021-2025) e visa intervir no setor de água e saneamento, alinhando-se com as contribuições anteriores.