Japão recebe apoio da UE após terramoto e colisão de aviões

0

Comissão Europeia disponibilizou nesta quarta-feira, 3, “qualquer apoio necessário” às autoridades Japonesas depois de um terramoto, na segunda-feira, e uma colisão entre dois aviões, na terça-feira 

A União Europeia (UE) “está profundamente triste pela perda de vidas e pela destruição provocada no mais recente terramoto que atingiu o Japão e também a trágica colisão de aviões”, afirmaraM o Comissário Europeu para a Gestão de Crises, Janez Lenarcic, e o alto-representante da EU para os Negócios Estrangeiros, Josep Borrell, em comunicado.

Os pensamentos do executivo comunitário “estão com as vítimas, as suas famílias e todos os que foram afetados pelo terramoto”.

“A UE está completamente solidária com a população Japonesa e as autoridades, e está pronta para dar qualquer apoio necessário neste momento de necessidade”, acrescentaram na nota divulgada.

A Presidente da Comissão, Ursula von der Leyen, escreveu na sua conta do X, que o Japão “é um dos principais aliados da UE ” e que os 27 estão disponíveis para fazer o que for possível para auxiliar o País.

De realçar, que um terramoto de 7,6 na escala de Richter e sucessivas réplicas atingiram na segunda-feira o Japão, provocando pelo menos 64 mortos. As autoridades ainda estão a contabilizar o número de feridos e os prejuízos materiais, também na terça-feira, um avião de passageiros colidiu com uma aeronave da Guarda Costeira no aeroporto Haneda, em Tóquio.