JORGE CARLOS FONSECA: Português deve ser uma “língua de negócios”

0

PR advoga ainda que no seio da CPLP, o valor económico e o potencial da língua portuguesa são a base para uma plataforma comum de desenvolvimento dos Estados-membros e fortalecimento da Comunidade

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, defendeu que a língua portuguesa deve tudo fazer para se tornar num fator de desenvolvimento social, económico e humano.

No dizer de JCF, “a aprendizagem do português deve ser vista cogmo uma rande vantagem para as nossas sociedades, em todos os domínios. O caminho passa, assim, por fazer do português cada vez mais uma língua de negócios, nos vários setores, divulgar e promover a sua projeção nos vários fóruns e aproveitar o crescente interesse na sua aprendizagem, no contexto global”, avançou.

O Chefe de Estado falava esta sexta-feira, 1, numa conferência alusiva aos 130 anos do Jornal de Notícias, num discurso poético que bebeu das palavras de escritores, de poetas e de compositores de língua portuguesa.

PR advoga ainda que no seio da CPLP, o valor económico e o potencial da língua portuguesa são a base para uma plataforma comum de desenvolvimento dos Estados-membros e fortalecimento da Comunidade.

Explica que este tem um lugar muito especial no Mundo, sobretudo no Atlântico Sul e que tende a aumentar, com as boas perspetivas do crescimento demográfico deste espaço de excelência do mundo lusófono, num mar balizado pelos PALOP e o Brasil.