Jorge Santos enaltece transferências da Diáspora e advoga serem “dos mais importantes ativos e fluxos de financiamento” da economia do País

0

Posição do Ministro das Comunidades foi defendida esta quarta-feira, na Ilha do Fogo, durante um encontro com a Diáspora de Santa Catarina

O Ministro das Comunidades reuniu-se hoje, na Cidade de Cova Figueira, no Fogo, com a Comunidade emigrada de Santa Catarina que está na Ilha por ocasião das festas do Município.

Durante o encontro, Jorge Santos vincou a ideia de que a Diáspora Cabo-verdiana é um dos “principais estabilizadores sociais e económicos” do País, contribuindo económica e financeiramente de forma direta e indireta na economia nacional.

O MdC estimou em cerca de 34% do PIB o apoio da Diáspora, valor que, anotou, supera a ajuda pública ao desenvolvimento e ao próprio investimento direto estrangeiro.

Na ocasião, segundo nota do Ministério, o Ministro enalteceu as transferências da Diáspora para as Ilhas e advogou serem “dos mais importantes ativos e fluxos de financiamento” da economia Cabo-verdiana.

“As transferências financeiras da nossa Diáspora são um dos mais importantes ativos e fluxos de financiamento da nossa economia”, enfatizou.

Na oportunidade, Jorge Santos enalteceu também o que considera de “importância estratégica” da Diáspora no processo de desenvolvimento nacional, em termos económicos, políticos, sociais e culturais, e referiu ser incontestável o contributo dos Emigrantes no desenvolvimento do País.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui