MIGUEL MONTEIRO: O MpD está a construir um País melhor

0
dav

Secretário Geral do MpD diz que nestes dois anos o trabalho desenvolvido pelo Governo de Cabo Verde “foi árduo” mas “está a valer a pena”

 

MM falava aos Jornalistas por ocasião dos dois anos da aprovação da Moção de Confiança na Assembleia Nacional, tendo na ocasião avaliado positivamente a governação nacional e destacado a recuperação da confiança e credibilidade.

Segundo observou, o Governo liderado por Ulisses Correia e Silva está a “construir” um País melhor em vários setores, tendo destacado avanços na economia, com reflexos direto na criação de emprego.

“O Governo do MpD conseguiu inverter a situação económica medíocre em que Cabo Verde se encontrava em 2015”, pontuou o SG que reconhece que em apenas dois anos há sinais evidentes de “crescimento económico a rondar os 4 % e com perspetivas de poder alcançar, ainda este ano, valores acima dos 5 %”.

No dizer de MM Cabo Verde é hoje “um País de oportunidades” mas ao mesmo tempo aberto a novos investidores que desejarem aqui investir de modo a criar mais emprego.

Mais emprego

No entanto, observou que em dois anos de governação Cabo Verde regista “mais” emprego e “menos” desemprego. “Os últimos dados do INE comprovam esta realidade”, pontuou, assegurando quem nestes dois anos, registou-se mais cerca de “9 mil postos líquidos” de emprego.

No dizer de MM, o MpD está também a “construir” um País melhor a nível do Desenvolvimento Local e Regional, com destaque para o” reforço” da descentralização e para a requalificação urbana e ambiental.

“Há uma melhoria substancial das condições financeiras e de investimento dos Municípios. E há um melhor clima de relacionamento e cooperação entre o Governo e as Câmaras Municipais”, avaliou.

Segurança x Rendimento

No quesito segurança, Monteiro avança que “todos os dados estatísticos” demonstram que há mais segurança e admitiu que melhorias serão sentidas quando entrar em funcionamento o sistema de videovigilância, aliado ao reforço do patrulhamento policial, já anunciado, e com a instalação de um sistema de alerta inteligente e de comunicação operacional integrado.

“Estamos a construir um Pais melhor nas condições de trabalho e no acesso ao rendimento” observou, fazendo saber que atualmente as despesas com pessoal da Administração Pública registam aumentos de 9% enquanto a massa salarial subiu para 7,6%.

“Estes aumentos resultam da atualização dos estatutos do pessoal na justiça, na educação, na saúde, nas finanças e da regularização de progressões, promoções, reclassificações e subsídios e recrutamentos na Polícia Nacional e Polícia Judiciária, professores, diplomatas, médicos, enfermeiros, magistrados, oficiais de justiça e técnicos e, ainda a regularização da situação de pessoal contratado nas missões diplomáticas”, precisou, lembrando que o salário mínimo nacional tem evoluído prevendo-se chegar aos 15.000$00, no horizonte 2021.

Um “ciclo negativo” de 15 anos foi interrompido mas “há ainda muitos problemas” do passado que obrigam a manter “determinação” precisou, observando que “facilitar, agora, seria um erro fatal” para os Cabo-verdianos.