Ministro da Agricultura admite “boas perspetivas” de chuva este ano

1

Gilberto Silva adianta que todas as previsões apontam para a queda de precipitações “normal ou acima do normal”

Após três consecutivos anos de seca, há “boas perspetivas” em como o próximo ano agrícola pode ser bom. Este é, pelo menos, a previsão do Ministro da Agricultura e do Ambiente, que com base em dados recebidos de instituições abalizadas, admite que agora em 2020 poderá haver chuva de forma “normal ou acima do normal”.

Gilberto Silva que falava esta manhã ao programa Bom Dia Cabo Verde, da RCV, indicou, por outro lado, que o Governo está a trabalhar no sentido de não faltar sementes no mercado nacional, mas afastou a ideia de distribuição de sementes por parte do seu Ministério, sublinhando que esta é uma atividade do agronegócio.

O Ministro garante, no entanto, que haverá sementes “suficientes” e vendidos a preços “acessíveis”, para todos.

“Já asseguramos que haja quantidade suficientes” de sementes, vendidos a preços “bem controlados, preços baixos”, reiterou.

Fora sementes, assegurou, o Ministério estará a garantir “outros materiais essenciais” para o novo ano agrícola.

Quanto a pragas, o Ministro espera que este cenário não venha a ocorrer, mas caso acontecer, quer contar com o apoio dos agricultores no seu combate. Diz, para já, estar “preparado” para um combate “muito forte”.

Gilberto Silva admite o recurso ao drone em possíveis combates de pragas, para além do uso de iscos contaminados, mas sublinha que o envolvimento dos agricultores, criados, produtores é importante, podendo mesmo reportar eventuais pragas aos serviços técnicos do seu Ministério.

Dados pluviométricos apontam primeiras precipitações nos primeiros 10 dias de julho.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.