Ministro da Agricultura e Ambiente destaca compromisso do País com segurança química

0

Gilberto Silva, ressalta avanços registados em Cabo Verde em matéria de gestão de pesticidas e dos produtos químicos, visando a promoção da segurança química e do desenvolvimento sustentável

O Governante fez estas afirmações à margem da cerimónia de lançamento do Projeto “Implementando Desenvolvimento Sustentável Baixo e Não-Químico nos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento”, realizada na última sexta-feira, 12, na Cidade da Praia.

Conforme avançou o Ministro, este projeto visa reforçar a capacidade destes pequenos estados insulares em desenvolvimento com foco na promoção da segurança química e na qual fazem parte Cabo Verde, Guiné Bissau e São Tomé e Príncipe, no sentido de reforçarem a sua segurança química.

“Isto implica obviamente um conjunto de medidas a nível da legislação do reforço das instituições em termos da capacidade, procedimentos, mas também reforço de capacidade de várias outras instituições, que são parte na gestão dos produtos químicos, de modo a que todos possamos ter um desenvolvimento sustentável livre na abordagem do maneio responsável dos produtos químicos perigosos”, disse.

Trata-se de um projeto de cerca de 9,5 milhões de Dólares para os três países insulares e conta com a cooperação do centro regional da Convenção de Basileia, Convenção de Roterdão e Convenção de Estocolmo, do programa das Nações Unidas para o ambiente e da Universidade de Lisboa em parceria com as autoridades ambientais dos 3 países.

Em Cabo Verde, conforme avançou Gilberto Silva, já foram tomadas um conjunto de medidas e o País tem estado progressivamente a melhorar com a criação de comissões, diplomas que tem que ver com a gestão dos produtos químicos, com a questão dos pesticidas e avaliação de pesticidas.