MISS CABO VERDE 2018: Doze candidatas disputam o título da mulher mais bela do País

0

A mulher mais linda de Cabo Verde 2018, será escolhida amanhã, sábado, 1, na ilha do Sal. A organização quer dar um passo “mais alto” conquistando a Miss Mundo

Eloísa Morais, da Capital Model, organizadora do Miss Cabo Verde, promete que a noite vai ser de “muito glamour e brilho” e que uma das finalidades do concurso é dar um passo “mais grande”, pois quer que o País vença a Miss Mundo.

Em conversa com OPAÍS, aquela responsável indicou que o objetivo da organização “é valorizar” a beleza Cabo-verdiana.

No concurso que acontece amanhã no anfiteatro José Cabral, nos Espargos, 12 candidatas vão disputar o trono. Para além de concorrentes de todas as ilhas, a nossa Diáspora também faz-se representar, com Holanda e França.

A organização eleva a fasquia e aponta que a meta de Cabo Verde é, agora, chegar à Miss Mundo, isto depois dos títulos de Miss CEDEAO e CPLP.

Eloisa Morais diz acreditar no potencial das candidatas, por isso mesmo a sua confiança.
Até ontem, 10 das 12 candidatas já estavam no Sal, faltavam, apenas, as concorrentes de São Nicolau e Boa Vista, atrasos justificados com questões de aulas e transportes.

Nestes dias, as demais concorrentes cumprem um programa de âmbito cultural e desportivo, a par dos ensaios de passarela, postura, sessão de fotos, visitas, workshops, etiquetas de entre outros.

Morais lamenta o que considera “pouca visão” da pertinência do concurso de beleza, e realçou o “interesse maior” neste certame por parte dos parceiros internacionais que ambicionam levar a beleza e a bandeira Cabo-verdianas a palcos internacionais.

Relativamente a prémios, Eloisa Morais avançou apenas que haverá muitas surpresas, incluindo viagens, kits, visita a uma fábrica de tecidos na Costa do Marfim, “surpresas” que conforme disse serão anunciadas durante a gala.

- PUBLICIDADES -