MUNDIAL DE FUTEBOL: França é Campeã Mundial

0

Vinte anos depois, a França volta a ser campeã mundial de futebol, depois de ter batido na final de Moscovo a Croácia por 4-2

A França começou a traçar o desfecho logo no minuto 19, num livre cobrado por Griezmann no lado direito. Varane tentou o desvio, mas a bola raspou em Mandzukic e Subasic não conseguiu evitar o golo francês. Mandzukic marcou o primeiro autogolo de toda a história das finais do Campeonato do Mundo. Eficácia tremenda dos gauleses e um castigo para uma Croácia que dominava por completo desde o primeiro minuto.

No entanto, a reação não tardou. Sempre com Modric como maestro, a Croácia respondeu e chegou ao empate 10′ minutos depois, por Perisic. Após um primeiro ‘amorti’ de Vida, o extremo do Inter tirou Kanté da frente e disparou um verdadeiro ‘míssil’ de pé esquerdo, não dando qualquer tipo de hipóteses a Lloris. Estava relançada a final, graças a mais um golo de belo efeito.

Aos 39′ Griezmann não tremeu e converteu a grande penalidade. Bola para um lado, guarda-redes para o outro.

O jogo foi para o intervalo com os franceses a vencerem por duas bolas a uma.

No segundo tempo, a Croácia regressou com a determinação de correr atrás do prejuízo, mas a França voltou a provar que é na eficácia que está o ganho e, em dois lances de inspiração, de Paul Pogba, aos 59′ minutos, e de Mbappé, aos 65′, dilatou a vantagem para 4-1. Primeiro, o médio do Man. United fez ‘magia’ e, com um pontapé fantástico, de pé esquerdo, à entrada da área, colocou a bola longe do alcance de Subasic, e, depois, o avançado do Paris SG, com um belo pontapé de fora da área, arrumou praticamente com a questão do novo campeão mundial.

O segundo golo da Croácia chegou no minuto 68 num erro grosseiro de Lloris. O guarda-redes gaulês tentou dominar a bola e, sem se perceber ofereceu o golo a Mandzukic.

A partir daí, Croácia acusou o cansaço e, até ao final, não conseguiu o tão esperado milagre. Dois anos depois, as lágrimas dos franceses no Europeu são convertidas em sorrisos gritos de felicidade. A França é a nova campeã do mundo, enquanto a Croácia deixa uma verdadeira lição de perseverança, trabalho, qualidade e bom futebol.

- PUBLICIDADES -