Na Praia não temos Presidente de Câmara

1

Depois de mais de 6 meses da tomada de posse ainda o Presidente Francisco Carvalho não tem a mínima noção de como gerir o maior município do país.

É grave e triste quando vemos um Presidente da Capital a falar dos problemas da CMP, e constatarmos que o homem não tem a mínima ideia do que vai fazer, do que é ser presidente da Praia.

Faz uma reunião com empresários que têm construído a nova cidade da Praia e estamos a falar de obras que Cabo Verde inteiro reconhece, em todas as áreas de intervenção, não leva a sua vereadora das finanças, diga-se de passagem, a gota de água que a obriga a confirmar a suspensão de mandato como vereadora, para só concluir no fim que a CMPraia deve a esses empresários.

O grande problema do atual presidente é a dívida da CMPraia. Não presta a minima atenção no desmoronar da sua equipa de vereadores preferindo dar uma ajudinha para a queda da CMP, com a remodelação apressada e sem nexo, eliminando 2 vereadores que por sinal queriam simplesmente serem ouvidos e trabalhar.

Não teve a paciência em analisar os relatórios da CMP dos anos anteriores para ver que essas dívidas sao assumidas e do conhecimento de instituições ligadas a essas problemáticas.

Mas sejamos claros, ai se a CMP não tivesse dividas? Qualquer país, ou câmara no mundo, sem dívidas é sinónimo que não faz nada.

O senhor FC Vai perder tempo e fazer perder tempo a pessoas que trabalham, numa reunião para chegar à triste conclusão que a tem dívidas, mas sem mostrar como resolver essas dívidas e recomeçar com as mais de 30 obras paralisadas desde que se sentou no gabinete da presidência.

Vem com a história de cofre vazio, faltando a verdade, descaradamente aos praienses, em vez de procurar alternativas de gestão.

Desbarata todas as formas que a CMPraia tinha de arrecadar receitas com uma política populista, simplesmente para apoiar e arrecadar votos para a sua presidente JHA e o resultado todos sabemos, levam uma derrota dura e clara e agora não sabe o que fazer.

Mente de forma infantil e quando confrontado por jornalistas, a resposta é um sorriso maroto, querendo dizer que não pode mas, … o evidente é que ele não sabe pois não compreende nada de gestão camarária ficando mais uma vez na teoria de conspiração.

No entanto esconde que herdou um projeto financiado pela UE, com apoio da cidade de Madrid, de 3,5 milhões de euros, que está parado por incompetência desta equipa camarária que em vez de trabalhar, passa o tempo a perseguir os técnicos e trabalhadores, com despedimentos, transferências e prateleiras, (hoje grande parte dos técnicos estão sem norte nem sul, sentados á espera do fim de contrato para irem para casa). E essa perseguição hoje até já chegou a 2 vereadores eleitos pelo seu partido.

Que desminta que herdou um projeto na área de ambiente, saneamento e governação local de cerca de 385 mil contos e que está na prateleira por incompetência da atual equipa camarária.!!

Que ouça a chanceler alemã quando diz:
“Os presidentes não herdam problemas. Supõe-se que os conheçam de antemão, por isso se elegem, para corrigir tais problemas. Culpar aos predecessores é a saída fácil e medíocre”.

Mãos à obra pois você foi eleito para trabalhar e não para ganhar de graça e passear pela Europa, trazendo projetos já negociados pela anterior equipa camarária e pior a insinuar que é seu trabalho senhor Presidente.

1 COMENTÁRIO

  1. O dito-cujo tem uma grande obra de calcetamento na localidade de Safende, com cerca de 75 m2, devidamente identificada.
    Já tinha também revelado a sua capacidade de criatividade, na reabilitação da Ponte de Vila Nova.
    Guentis di Praia Maria fronta propi!

Comments are closed.