No Dia da Bastilha, polícia Francesa detém 152 pessoas

0

Foi necessário recurso a gás lacrimogéneo para afastar os manifestantes que protestavam contra o Presidente Emmanuel Macron

Pelo menos, 152 pessoas, foram detidas ontem em Paris, durante as cerimónias de celebração do Dia da Bastilha, feriado nacional, informaram fontes municipais, citadas pela imprensa internacional.

De acordo com a EFE, a maioria foi detida por participar numa manifestação não autorizada, mas também houve detenções por atos violentos contra as autoridades, destruição de bens públicos e posse de armas.

A CNews, avança que dois dos detidos são destacadas figuras dos “coletes amarelos” que há meses contestam nas ruas contra as políticas de Emmanuel Macron.

A situação foi especialmente tensa no início da parada militar, na avenida dos Campos Elíseos, quando os manifestantes apuparam o Presidente e, no final, entoaram cânticos contra o capitalismo e contra o lançamento de gás lacrimogéneo.

- PUBLICIDADES -