Novo navio da CVI prestes a chegar a Cabo Verde

2

Embarcação com capacidade para 250 passageiros deverá entrar em funcionamento ainda no primeiro trimestre do ano

          

A Cabo Verde Interilhas, CVI, está a tratar de trazer a Cabo Verde uma nova embarcação. O navio “novo” terá capacidade para 250 passageiros e 43 viaturas. A informação é veiculada pela Agência Inforpress que cita uma nota da CVI.

O navio é um ROPAX, roll-on roll-off, tem 69 metros de cumprimento e transporta passageiros e cargas e tem uma velocidade de 15 nós, semelhante aos navios Kriola e Liberdadi que anda a 17 nós.

Fonte de OPAÍS.cv indica que o navio deverá chegar oportunamente ao Arquipélago, estimando que entre em funcionamento ainda no primeiro trimestre, após os necessários testes junto das autoridades marítimas nacionais.

2 COMENTÁRIOS

  1. Bom era peh anunciar, keh teh bah ser um barc ek teh consgui tracah neh kolker cais. Fka preli teh trazeb barc tud leve keh teh podeh tracah neh kolker cais. Teh txah passager nah txon sem dia e nem consgui oiah alternativa peh ofreceh passager. E kond passager teh ofreceh alternativa simplismente ex keh teh aceitah.
    Lá neh kel lugar tem falta de coordenação neh equipa. Superiores keh teh passah informação peh front Office e nunca gente teh otxah um informação concreta nah ex.
    Nunca vi agência mas dzuriantod keh CVI, m tv uvi txeu reclamação mas jam sinti na pele.
    Um vez m tv gostah de sis mnr de trebaiah mas jam txam mut dziludid. Mim keh teh recomendah ninguém a comprah sis service, mas infelizmente ex eh único ek teh operah neh CV.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui