Paciente que fugiu do HBS não é doente de Covid-19

0

Esse alerta da DNS surge na sequência de notícias avançadas que davam conta que o referido paciente tinha fugido na madrugada de hoje do Hospital de São Vicente.  Conttudo, o mesmo já foi “capturado”, encontrando-se de momento em quarentena obrigatória imposta pelas autoridades

          

A Direção Nacional de Saúde, DNS, avançou esta noite que o paciente que foi evacuado do Hospital Agostinho Neto para o Hospital Batista de Sousa não é um doente de Covid-19.

As autoridades sanitárias esclarecem também que paciente fez teste de Covid-19, tanto no Hospital Agostinho Neto, como no Hospital Baptista de Sousa, com resultados negativos.

Conforme a notícia avançada, pela Agência Inforpress, o referido paciente é um militar que foi transferido da Cidade da Praia para São Vicente num voo sanitário, alegadamente para realizar uma cirurgia no Hospital Baptista de Sousa, já que o equipamento para esse procedimento no Hospital da Praia está avariado.

O comunicado assinado pelo Diretor Nacional de Saúde, Artur Correia, diz ainda que o fuzileiro evacuado “devia e deve” cumprir um período de quarentena de 14 dias.

De referir que de momento o mesmo “encontra-se a cumprir o seu período de quarentena” obrigatória.

A Direção Nacional de Saúde apela a todos os cidadãos, autoridades e instituições a cumprirem e a fazerem cumprir, com rigor e responsabilidade, as normas e recomendações emanadas pelas autoridades competentes, no sentido de garantir as melhores condutas para a prevenção e controlo da Covid-19, no País.