PAICV em nova crise com epicentro no Porto Novo

1

Mensagem da Primeira Secretária do PAICV no Porto Novo evidencia agudizar da crise política entre a estrutura local e o Partido a nível nacional. Uma crise que dura desde a eleição de Elisa Pinheiro

É a própria Primeira Secretária do Conselho de Setor do PAICV, no Porto Novo, Elisa Pinheiro, a confirmar esta nova crise interna e associa a Presidente Janira Hopffer Almada ao assunto, imputando-lhe responsabilidades no caso.

Há, praticamente, seis meses que não há uma relação nem contatos oficiais entre a responsável do Partido no Porto Novo e as estruturas nacionais, na Cidade da Praia, e a situação, diz Elisa Pinheiro, “continua a deteriorar-se”.

A crítica vem da principal responsável do PAICV no Porto Novo que acusa a própria Presidente do Partido, JHA, de ignorar as suas funções para, através de pessoas que não integram os órgãos do Partido, solicitar informações sobre a vida política do Município. Elisa Pinheiro fala em “riscos políticos de imprecisão” das informações passadas ao Partido.

Janira tem “escolhido estabelecer relações com militantes de forma individual, e de preferência com os que fazem oposição ao atual Conselho de Setor, em detrimento das relações institucionais com os Órgãos do Partido”, acusa a Primeira Secretária.

A origem desta nova crise no PAICV, agora com epicentro no Porto Novo, é uma pretensão de Elisa Pinheiro em liderar a candidatura às autárquicas de 2020 neste Concelho de Santo Antão, mas apercebendo-se que não conta com apoio de JHA, ela resolveu prescindir do projeto. Para além do não apoio de Janira, diz Pinheiro, há “outras razões” que vem sucedendo e que a faz abdicar-se do projeto.

A mensagem de Elisa Pinheiro foi publicada na rede social Facebook, na última segunda-feira, 10, ao início da tarde, mas horas depois foi eliminada, desconhecendo-se, as motivações da sua autora. Certo é que o tema suscitou um intenso debate não só a nível do PAICV no Porto Novo.

Releia a notícia de janeiro:

PORTO NOVO: PAICV contraria ordens de JHA e convida JMN para 20 de Janeiro

- PUBLICIDADES -

1 COMENTÁRIO

  1. Quem conhece a JHA e seus enfadonhos e arcaicos métodos de liderança compreende melhor o score do PAICV ( 28%) revelado em sondagem do mês de Abril. Mais do que se pode imaginar, acredito que mais de 40% dos militantes do Partido deixarão de votar no PAICV se ela se mantiver no comando. A Elisa deve ter sido prevenida do que esta moça seja capaz, para saciar a sua veia maldosa e, por isso, pirou enquanto é tempo . Fez muito bem para salvar a sua face e precaver para o futuro, enquanto jovem quadro, pois acredito que um dia libertaremos o PAICV das marmarras desta predadora! Desde 2014 que no interior do PAICV se vive um ambiente de golpes, desvios, deslealdades e puchasaquismo, perante um silêncio cúmplice de muitos históricos que vão ajudando no afundanco do Partido de Pedro Pires e JMN.

Comments are closed.