Pedro Pires aconselha à vacinação

1

Antigo Presidente da República pede para se acreditar na ciência e adverte que não se pode pensar que os investigadores não sejam sérios nos seus trabalhos

          

Pedro Pires foi, esta quarta-feira, 7, vacinado contra a Covid-19, tendo recebido a primeira dose da vacina da AstraZeneca e deixou apelos no sentido de se combater a pandemia da Covid-19.

O antigo Chefe de Estado fez uma observação muito pertinente. Face às críticas à qualidade da AstraZeneca, Pedro Pires observa que os riscos são “ínfimos”, fazendo mesmo uma comparação com a Inglaterra, onde se registou apenas 6 embolias entre os mais de 15 milhões de vacinados.

Os casos de risco, sublinha o antigo Presidente, “não têm impacto”, por isso deixa um apelo a se aderir às vacinas, observando que é necessário “acreditar na ciência”.

“Vamos trabalhar para melhorar a saúde” apelou o antigo Chefe de Estado para quem os investigadores devem ser tratados como pessoas de bem. “Não se pode pensar que (os investigadores) não sejam sérios”, advertiu.

1 COMENTÁRIO

  1. Missão quase impossível para Pedro Pires, porquanto tanto JHA e JMN contam é com maior dor, sofrimento e maior número de mortes e angústia para ganhar as eleições de abril e de outubro. É uma lógica perversa que o próprio Pedro Pires ajudou a implantar nos seus séquitos.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui