Pescador encontrado morto estaria em tráfico de aguardente ilegal para Boa Vista

0

Mandela foi encontrado morto na semana passada, e na embarcação que seguia para Boa Vista foram encontrados cerca de 560 litros de aguardente, de qualidade duvidosa

Ainda não há uma explicação plausível para o acidente que vitimou mortalmente um pescador em Santa Cruz. Duas outras pessoas, incluindo o pai de Mandela, continuam desaparecidas.

As autoridades marítimas retomaram esta manhã as operações de busca para encontrar as duas outras pessoas.

Entretanto, apurou OPAÍS.cv, na embarcação seguiam de Santiago para a Boa Vista cerca de 560 litros de aguardente, de qualidade duvidosa.

O produto era transportado em 22 boias de 25 litros e em duas botijas de 5 litros, o que indica que no bote de boca aberta seguiam, pelo menos, 560 litros de aguardente de qualidade duvidosa.

O produto seria comercializado no mercado da Boa Vista.

Ao que consta, a opção por embarcar a aguardente no bote, foi uma forma de fintar as autoridades no controle do produto.

Nelson Correia, conhecido como Mandela, 31 anos de idade, residia no Bairro da Boa Esperança, em Sal Rei, e chegou à ilha de Santiago no fim-de-semana anterior.

Notícias relacionadas:

Um morto em embarcação à deriva em Santiago

Operação de busca para localizar pescadores continua em Santa Cruz

- PUBLICIDADES -