PM leva conferência desenvolvimento regional ao Sul do País

0

Em São Filipe e Nova Sintra, Chefe do Governo presidiu duas conferências e falou das realizações em curso

As ilhas do Fogo e Brava acolheram no último fim-de-semana as conferências regionais sobre o desenvolvimento regional e local, com o Primeiro-Ministro e vários Ministros a falarem olhos nos olhos com as populações locais sobre as realizações e projetos para as respetivas ilhas.

Em Nova Sintra, UCS confirmou ter havido um “bom diálogo” com a Sociedade civil local sobre a ilha. Houve, ainda, “partilha” e “proximidade” acrescentou o PM que promete investimentos no sentido de transformar Eugénio Tavares num “grande símbolo” da ilha.

A aposta maior da governação é de acordo com UCS “transformar” a Brava numa ilha “sustentável”, na base daquilo que são as suas caraterísticas.

“É importante ter esta interação da população. Estamos a agir sobre as principais causas da perda da população da ilha Brava, muito por falta de atratividade económica, que gera empregos, rendimento e perspetiva de vida”, escreveu na sua conta no Facebook.

O PM recordou os investimentos em curso na Brava, e destacou os cerca de 50 mil contos investidos no setor da habitação, para reabilitar casas de pessoas mais necessitadas.

Cerca de 40 mil contos estão afetados para o plano de criação de novas centralidades, incluindo miradouros, caminhos vicinais e pontos turísticos.

UCS garantiu que a requalificação da estrada Nova Sintra e Nossa Senhora do Monte vai avançar, representando um investimento de cerca de 240 mil contos. A fase de concurso está a ser concluído.

Outros investimentos estão em curso no setor das pescas, onde se prevê investir cerca de 70 mil contos na melhoria do arrastadouro e condições de acesso e segurança no processo de desembarque.

“Trabalhamos com uma visão sustentável, não com imediatismos eleitorais e caça de votos”, assegurou o Chefe do Governo.

Em São Filipe, a conferência analisou as apostas da governação mas o PM explicou que nunca prometeu resolver tudo em apenas três anos.

O PM avançou que é necessário apostas “mais acertivas e económicas” em setores como energia, água para agricultura, formação profissional.

O PM garante que as ações do seu Governo visam “dinamizar” a atividade económica na ilha do Vulcão, sem descurar investimentos privados, “principais geradores de empregos dignos”, ressalvou.

UCS falou em “respostas em execução e previstas”, com a afetação de recursos importantes para investimentos com impacto local.

No horizonte 2021, há um pacote de investimentos na ordem dos 716 mil contos, para setores como requalificação urbana, ambiental e acessibilidades, com melhoria da qualidade dos bairros, arruamentos, calcetamentos, espaços verdes, pedonais e requalificação de orlas marítimas.

Para reabilitar habitações de famílias mais pobres, o PM indicou um investimento na ordem dos 171 mil contos, enquanto que para as estradas o pacote previsto é de 860 mil contos sobretudo para desencravar zonas com potencialidades agrícolas e turísticas.

A iluminação da pista do Aeródromo de São Filipe segue o seu percurso, visando aumentar a frequência de voos. O concurso está lançado.

- PUBLICIDADES -