PM recebe garantias da abolição da pena de morte ainda este ano na Guiné Equatorial

0
Foto Inforpress

Ulisses Correia e Silva e Teodoro Obiang reuniram-se esta manhã, na Capital Cabo-verdiana. Vários temas estivaram sobre a mesa

O Primeiro-Ministro recebeu esta terça-feira, 16, garantias do Presidente Teodoro Obiang, em como a Guiné Equatorial vai abolir a pena de morte, ainda no decurso deste ano.

Ulisses Correia e Silva que recebeu hoje, em visita de cortesia, o Chefe de Estado equato-guineense, mostrou-se convicto desta possibilidade.

Da conversa com o Teodoro Obiang, o PM recebeu igualmente garantias de que está em curso um “conjunto de reformas institucionais” que devem tornar a Guiné Equatorial num Estado democrático. UCS diz fala em uma “boa notícia” seja para Cabo Verde seja para a CPLP.

O diálogo entre os dois políticos centrou-se também nos esforços e investimentos necessários na língua portuguesa naquele País.

Neste capítulo, UCS indicou haver um “engajamento mútuo”, de professores Cabo-verdianos e/ou portugueses, na Guiné Equatorial, para lecionar a língua de Camões, conforme as possibilidades do País.

Outra possibilidade que está a ser analisada é de estudantes da Guiné Equatorial frequentarem cursos em Cabo Verde, através de “uma parceria especial” que vai ser desenvolvida com o Instituto Internacional de Língua Portuguesa, sediado na Cidade da Praia.

Teodoro Obiang cumpre hoje o segundo de três dias de visita oficial a Cabo Verde. É a primeira vez que visita o Arquipélago. Antes, esteve no Sal onde participou em junho na Cimeira da CPLP.