PORTUGAL: Homem condenado a 19 anos de prisão por matar ex- namorada com 85 facadas

0
197

Vera Lopes foi assassinada com 85 facadas na casa onde estava com os três filhos menores, depois do agressor ter deslocado à casa da vítima para conversarem sobre o final do namoro, que terminou dias antes por iniciativa do agora condenado

Um homem do Fundão que matou a ex-namorada à facada, em março de 2018, foi condenado esta quinta-feira a 19 anos de prisão pelo tribunal de Castelo Branco e obrigado ao pagamento de uma indemnização de 150 mil euros.

Segundo o Correio da Manhã, a defesa do homicida havia alegado que este tinha agido sob um “surto psicótico” e pediu que o crime fosse considerado homicídio privilegiado, punido com uma pena que não ultrapassa os cinco anos de prisão. No entanto, João Silva acabou por ser condenado a 19 anos de prisão.

Vera Lopes foi assassinada com 85 facadas na casa onde estava com os três filhos menores, depois do agressor ter deslocado à casa da vítima para conversarem sobre o final do namoro, que terminou dias antes por iniciativa do agora condenado.

O mesmo jornal escreve que o coletivo de juízes condenou-o a 19 anos, pelo facto de ter “agido com frieza de ânimo, devido ao número de facadas desferidas na vítima, e pelo facto de a seguir ter procurado esconder alguns vestígios do crime.

Já o advogado de defesa disse estar a ponderar recorrer.

- PUBLICIDADES -