PR diz sentir-se “muito bem” depois de receber 1.ª dose da AstraZeneca

1

Jorge Carlos Fonseca apela a população a adeir à vacinação, para que se possa vencer a Covid-19

          

O Presidente Jorge Carlos Fonseca recebeu nesta quarta-feira, 7, a primeira dose da vacina AstraZeneca, e diz sentir-se “muito bem”.

No dia em que a EMA reiterou a sua confiança na vacina AstraZeneca, e no Dia Mundial da Saúde, o Chefe de Estado apelou a população a aderir à vacinação para que o País possa retomar, “o mais breve possível”, os caminhos de crescimento económico.

Ainda muitas pessoas mostram-se reticentes quanto à vacinação com AstraZeneca, mas o mais alto magistrado da Nação apelou a população a colocar de lado os “receios” e as “fantasias” e ter uma atitude “positiva” de colaboração com as entidades sanitárias.

De realçar que hoje também o ex-Presidente da República, Pedro Pires, recebeu a primeira dose da vacina AstraZeneca.

A vacinação contra a Covid-19 arrancou no dia 19 de março em todas as Ilhas do País, e o objetivo do Governo é vacinar mais de 70% da população até o final do ano.

1 COMENTÁRIO

  1. Se eu mandasse alguma coisa nesta Terra, além dessas palavras, ordenava que nem JHA nem JMN fossem vacinados, até que 100% dos caboverdianos fossem completamente imunizados. Os dois cavalheiros do apocalipse pregam o negacionismo contra a Covid-19 e apostam as suas fichas no maior número possível de mortes por Covid-19 para realizar seus sonhos macabros. De resto, a JHA já disse que tem recursos suficientes para comprar suas próprias vacinas, não fosse ela, afinal, a filha e herdeira do “maior accionista privado da CVT”.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui